O que é CTe e para que serve?
16 de novembro de 2018

 

Quem acompanha o dia a dia de uma empresa de transportes, certamente deve ter na ponta da língua o significado do que é CTe. Contudo, para quem não é do ramo, à primeira vista saber o que é CTe pode ser motivo de curiosidade.

É um documento eletrônico que acompanha a prestação de serviços de transporte. Assim como a NFe, o CTe é emitido e armazenado eletronicamente.

O objetivo do CTe é documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviço de transporte de cargas realizada por qualquer modal (Rodoviário, Aéreo, Ferroviário, Aquaviário e Dutoviário). Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente (garantia de autoria) e pela recepção e autorização de uso, pelo Fisco. Outro ponto relevante é o fato de que o CTe tem validade em todos os Estados da Federação.

O CTe eletrônico substitui os seguintes documentos:
-Conhecimento de Transporte Rodoviário de Cargas, modelo 8;
-Conhecimento de Transporte Aquaviário de Cargas, modelo 9;
-Conhecimento Aéreo, modelo 10;
-Conhecimento de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 11;
-Nota Fiscal de Serviço de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 27;
-Nota Fiscal de Serviço de Transporte, modelo 7, quando utilizada em transporte de cargas.

 

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS VANTAGENS DO CTE

 

REDUÇÃO DE CUSTOS
Quem não gosta de reduzir os custos de sua atividade, não é mesmo? Em geral, quanto menor é o gasto operacional, maior será o seu lucro — por isso é importante ficar atento a estratégias que contribuam para essa situação.

 

REDUÇÃO DO TEMPO DE VIAGEM
Um dos fatores mais importantes para o transporte de cargas é o cumprimento do prazo de entrega. O consumidor é exigente em relação ao tempo que demoram para receber seu pedido, e isso acaba sendo transferido para o transportador.

No entanto, o que se percebe é que o CTe contribui para mais agilidade nas viagens. Com o documento, o tempo necessário nas paradas dos caminhões em postos de fiscalização é bem menor.

Essa simplificação do processo de fiscalização é uma das vantagens desse documento. Se analisarmos todo o tempo economizado, veremos que o caminhoneiro ganha algumas horas no fim do mês.

 

REDUÇÃO DE ERROS
Processos manuais são sempre mais arriscados do que os automatizados. Aliás, uma das maiores contribuições dos avanços tecnológicos para a área profissional é a redução de erros e falhas comuns em atividades manuais.
No caso do CTe, o preenchimento digital dos dados reduz consideravelmente as chances de falhas de escrituração, e consequentemente a possibilidade de sofrer penalidades em razão de tais erros.

 

MELHORIA DA GESTÃO DO TRANSPORTE DE CARGAS
Gerenciar os dados dos seus fretes se torna muito mais rápido e seguro com o uso do CTe, visto que o documento atesta o cumprimento das obrigações fiscais e, conforme vimos aqui, substitui vários documentos que eram 
obrigatórios.

Perder tempo com questões burocráticas influencia na sua competitividade. Por isso, é importante apostar em métodos que simplifiquem essas tarefas e permitam que o foco se mantenha na sua atividade principal: o transporte de cargas.

 

 
(46) 3536-6491
2021 - Desenvolvido por GRUPO MAR VIRTUAL